|      
logo
Você está em: Home > Blog > Recém casados: tudo que você precisa saber antes de comprar um imóvel
Recém casados: tudo que você precisa saber antes de comprar um imóvel
Dicas imobiliária





O sonho mais comum de duas pessoas que estão em um relacionamento sério é comprar um imóvel novo, já que esse desejo está relacionado ao bem-estar do casal e da sua família. Há muitos pontos positivos em adquirir o imóvel, como ter um espaço próprio e reunir a família e amigos para realizar uma confraternização.

No entanto, não é tão simples comprar um imóvel, pois, geralmente, os preços de mercado são muito altos, o que dificulta a aquisição da propriedade desejada pelo cliente. Assim, para que o interessado adquira sua casa própria, é necessário haver um planejamento que facilite todo o investimento.

Pensando nisso, preparamos este post para que você saiba mais sobre como comprar seu primeiro imóvel. Continue lendo e confira!

Organização da vida financeira

O primeiro passo a ser tomado pela pessoa que está querendo adquirir o imóvel é fazer um estudo de seus ganhos e de suas despesas, pois é preciso saber o limite do valor que ela poderá investir na propriedade.

Se o interesse em comprar um imóvel for de duas pessoas, inquestionavelmente, a vantagem é maior, já que eles podem unir as suas economias. Essa estratégia certamente evitará que seu orçamento saia do controle.

Tipos de financiamentos

Comprar um imóvel não é tão simples, porém, há alguns financiamentos que podem facilitar essa aquisição. É preciso estudar bem o tipo de financiamento que pretende fazer, já que esse é um compromisso que estará presente em seu orçamento durante alguns anos. Os mais comuns são:

  • Sistema Price: é um sistema que funciona por meio de amortização. Ele é usado muito em outros países, mas, no Brasil, foi preciso realizar um ajuste devido uma alta inflação e taxas de juros. A amortização de crédito é crescente, os juros são decrescentes e as prestações são fixas;


  • SAC: o Sistema de Amortização Constante funciona amortizando o valor dos juros empréstimo até o final do débito, mas o preço da parcela é a mesma.


Imóveis usados

Um imóvel usado é mais complicado de comprar, pois é preciso analisar a estrutura dele com mais atenção. O imóvel, certamente, já tem certo tempo de uso, então, é necessário que o comprador observe bem todo o seu interior, verificando se não há manchas nas paredes da casa ou do apartamento, por exemplo.

Caso haja, sem dúvida, esse é um sinal de que está tendo vazamento e isso pode ocasionar vários problemas, como a ocorrência de rachaduras na estrutura.

Além disso, os documentos precisam de uma atenção redobrada na hora de serem analisados. Se o comprador estiver interessado em financiar o imóvel, mas a moradia não dispõe dos documentos regulamentados pelos órgãos competentes, certamente o financiamento não será aprovado pela instituição financeira.

Auxílio de um corretor

Para as pessoas que não têm experiência em distinguir os tipos e os preços dos imóveis, a ajuda de um corretor de imóvel pode ser fundamental. O corretor auxiliará o cliente em um investimento um pouco complexo, pois vários fatores podem resultar em um negócio fracassado.

Portanto, todos esses tópicos abordados aqui no texto são relevantes para uma segura aquisição de moradia. O comprador precisa estar atento na hora de comprar um imóvel, visto que é um negócio que envolve valores muito altos e, certamente, ficará complicado voltar atrás caso não haja legitimidade no negócio.
Categorias

Dicas imobiliária

2

Conheça

1

Entenda

1

Artigos Recentes
Dicas imobiliária
Recém casados: tudo que você precisa saber antes de comprar um imóvel
Conheça
Cobrança de condomínio: entenda como são definidos os valores
Dicas imobiliária
5 Dicas para usar seu FGTS na compra da casa própria
Entenda
Como saber se tenho perfil para comprar um imóvel